O que fazer nos tempos livres?

atividades nos tempos livres

atividades para os tempos livres

Muitos pais não têm onde deixar os filhos durante as férias escolares porque estão a trabalhar, mas isso não significa que não haja opções. Existem vários campos de férias com diversas atividades para os seus filhos.

Estamos a entrar na altura do ano que é uma dor de cabeça para os pais: não saber onde deixar os filhos durante as férias escolares. Apesar de este ser um ano atípico, as coisas começam a voltar à normalidade. Como tal, muitos são os pais que já voltaram ao trabalho e que têm de arranjar uma solução e atividades para entreter os mais novos, até porque, principalmente agora, os avós não são uma opção.

Um dos objetivos principais dos pais é manter os filhos o mais longe possível das tecnologias e dos jogos. Assim, de norte a sul do país, existem várias opções que o podem ajudar neste desafio e o vão deixar mais descansado depois de escolher.

Desde campos de férias com inúmeras atividades para entreter os seus filhos, ao ATL ou até ao Instituto Português do Desporto e Juventude, são várias as opções que pode ter em conta quando estiver a decidir qual o melhor lugar para deixar o seu filho.

Desde escaladas, aulas de surf, idas ao Jardim Zoológico ou ao Oceanário, campos dedicados à ciência ou à cozinha, existem opções para todos os gostos de forma a deixar o mais pequeno feliz.

Existem programas que têm como objetivo desenvolver o espírito de responsabilidade, iniciativa, autonomia e competência dos jovens a partir do desporto e da cultura, programas mais ligados à aventura e à natureza, através de três elementos: terra, água e ar, e ainda espaços que pretendem explorar os cientistas e os cozinheiros que estão dentro dos seus filhos.

A panóplia de escolhas é muita. Como tal, é importante que tenha alguns fatores em conta, como: atividades, preço, segurança, duração e alimentação. Antes de tomar qualquer decisão faça todas as perguntas necessárias para se sentir seguro enquanto está a trabalhar e os miúdos se estão a divertir.

No final, o importante é que faça a escolha certa para si e para o seu filho de forma a estimular o seu crescimento e aprendizagem, não deixando de lado o mais importante para eles: divertirem-se.